quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Tu és o Glorioso!


É com esse título que terminarei o ano de 2009. Pode deixar, eu explico. Não é que esse tenha sido o melhor ano do nosso Botafogo não, muito pelo contrário, nesses últimos 10 anos, 2009 só não foi pior que 2002 para o nosso Fogão. Porém, mesmo que o ano e o time não seja um dos melhores, nada tira deste querido clube brasileiro o rótulo de Glorioso.
Farei uma breve explicação do ano do Botafogo. Uma montagem de time de dar arrepios, porém no Campeonato Carioca o time mostrou uma força surpreendente, principalmente com o trio de ataque Reinaldo, Victor Simões e Maicossuel. Chegamos a todas as finais do Carioca, e num lançe de pura fatalidade perdemos para a grande final os nossos dois melhores atacantes: Reinaldo e Mago. Com isso, o tri campeonato do nosso maior rival foi consumado, de novo nos pênaltis.
Na Copa do Brasil, perdemos logo nas oitavas de final para o Figueirense, também nos pênaltis, e fomos eliminados. E ai começava a derrocada de um time que, como já disse surpreendeu até o presidente do clube. A verdade é que com a saída do Mago, o time não conseguiu ser o mesmo. A dupla Reinaldo e Victor Simões já não dava resultado. Reinaldo com sua contusão mal superada o ano todo. Victor Simões caiu de rendimento juntamente com o time. Resultado: segundo semestre de sufoco e decepção.
Na Sul-Americana fomos mais uma vez eliminados nas quartas de final, e dessa vez em casa contra o Cerro Porteño, que nem de longe é um time competitivo. E no Brasileirão nem se fala, foi sufoco até o fim. Com direito aos 3 minutos finais do jogo contra o Palmeiras serem de pura tensão. Eu sei que ser botafoguense é viver superando os limites, mas esse ano foi dimais. Parabéns à torcida que fez a sua parte, já que em campo o time não produzia o que se esperava.
Agora é 2010. Que pelo que parece nada vai mudar, isso é realmente preocupante. Até agora somente três jogadores anunciados. Novamente jogadores que ou estavam encostados em seus times, ou vieram da Série B. Somália, Renato Cajá e agora Marcelo Cordeiro. Preocupante, já que a pré-temporada começa já dia 4 de janeiro e não temos nem um esboço de time montado.
Mas por outro lado algumas amebas que vestiram a camisa do Glorioso esse ano estão se despedindo hoje, e se Deus ajudar não vão mais renovar. Victor Simões, Renato, Ricardinho, Jônatas, Léo Silva, Bastista, Marquinho, Castillo, Michael, Flávio e Rodrigo Fuska. Outros dois ainda tentaram a renovação: André Lima e Diego. Agora minha única trsiteza é o Fahel não estar nesta lista. Mais um ano com ele parece até brincadeira dessa diretoria.
Porém eu espero que esse que vão agora, deixem lugar para jogadores mais qualificados que eles. A torcida botafoguense espera mesmo um 2010 bem melhor do que foi esse ano, a gloriosa história do Botafogo merece.
O ano que vem escreverei um post dedicado ao Ronaldinho Gaúcho e essa história dele vir a vestir o manto glorioso. Mas por enquanto é aguardar que o Fogão começe a pré-temporada com um time, porque até agora nada. E quando hoje der 00:00 vamos pedir e muito saúde, paz e ao nosso Botafogo também!

Feliz ano novo!

Saudações botafoguenses a todoos ;*

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

E as promessas continuam...


Já estamos no final de dezembro e nada de contratações decentes para um clube do porte do Botafogo. Pior que isso, não estou vendo nenhum tipo de contratação, o que cada dia mais me tira o sono.
Não adianta perguntar para o nosso presidente o que está acontecendo, porque ele falará sempre a mesma coisa, dizendo sempre que está tudo bem encaminhado. Agora me falem, se está tão bem encaminhado assim porque não anunciam de vez? Muito estranho.
Se 2009 foi um ano pra se jogar no lixo, 2010 está encaminhando para ser mais terrível ainda. Pois se continuarmos não contratando ninguém, várias amebas do terrível time deste ano terão que continuar ( e querem coisa mais trágica do que isso? ). Bom, então vamos analisar o que dá para analisar né, é complicado dimais falar somente de promessas.
O primeiro nome confirmado é o de Renato Cajá, que estava no Grêmio. Bom, vou ser bem sincera, nunca vi ele jogar, nem quando estava na Ponte Preta, porém pelo que me parece não é uma má contratação, vamos ver se ele rende o esperado. Essa é a hora garoto!
Somália do América-RN. É complicado, mas pode ser que ele renda mais do que no último ano. Foi o destaque do América, porém o time lutou para não ser rebaixado, e isso é muito preocupante.
Marquinhos e Willians do Palmeiras. Tá ai, não é um Ronaldinho Gaúcho e Elano, mas são belos jogadores. O Marquinhos para tentar acelerar um pouco o Lúcio Flávio e o Willians para dar a segurança necessária juntamente com o Leandro Guerreiro. Seria uma boa.
Zé Carlos, atacante da Portuguesa. Me deu até um arrepio só de escrever isso. Claro que pode ser que dê certo, porém acho bem difícil. Esse ano queremos ATACANTE entende diretoria? E por falar em atacante, só de me lembrar da notícia da aprensentação do Dodô ao Vasco me dá é muita raiva. Raiva dele por ter aceitado a proposta, porém mais raiva ainda da diretoria. Faça-me o favor né, tiveram mais de uma semana com o Vasco praticamente entregue e não fizeram proposta nenhuma? Estamso feitos mesmo!
Continuando.. Evando da Ponte Preta. Atacante também. Sei não, está me parecendo aquelas contratações que resultarão em dispensa após campeonato carioca.
Marcio Azevedo do Atlético-PR, lateral de origem. Com a carência de laterais no Brasil até que seria uma boa sim, pelo menos ele sabe cruzar a bola, não é Alessandro, Thiaguinho e Diego?
E por último a nova novela do Botafogo, Ewerton meia do Barueri. Acreditem, estava tudo acertado para o cara mudar-se para General Severiano, porém mais uma vez houve um contratempo. Não é por nada não mais eu já vi novelas com jogadores bem melhores e mais conhecidos. Haja paciência viu?
Bom, por enquanto essas são as promessas que rondam por General Severiano. Ou seja, preparem os seus coraçõezinhos bem judiados já, porque só algum milagre fará com que alguma coisa ainda possa mudar. E como estamos em época de natal e ano novo, quem sabe esse milagre não chega? Eu irei até o final, sempre!
Um feliz natal a todos vocês, e que Papai Noel passe e deixe presentes muito condizendes com a grandeza do Botafogo!

Saudações alvinegras a todoos ;*

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Onde está a tal reformulação?


Agora é dada a largada para a reformulação do Botafogo de Futebol e Regatas para o ano de 2010. Bom, assim todos nós esperamos. A primeira notícia que nos veio de "renovação", foi a do contrato com o Estevam Soares. Muitos são contra, porém vou colocar minha opinião.
O Estevam pegou esse time que convenhamos é horroroso e conseguiu coloca-lo para ganhar partidas consecutivas, porque até então com o tio Ney, o nosso time não tinha emplacado vitórias consecutivas. Além disso, colocou algumas amebas para frente, e não é que foram brilhantes, mas também não atrapalharam. A campanha dele com esse time não fui ruim, e dar uma chance para ele manter o trabalho é uma boa. Também frente aos técnicos disponíveis, é a melhor solução, concerteza. Só se o Cuca aceitasse voltar, ai seria outra história. Portanto, não é um Felipão, mas é um dos melhores técnicos disponíveis no mercado.
Agora o que realmente é muito preocupante é o discurso da diretoria em relação às possíveis contratações. "Não vamos fazer loucuras". Ok, eu concordo. Mas o que ocorreu até agora? Nada. E com que time iremos para o ano que vem? Emerson, Fahel, Léo Silva e as outras pessoas que pensam que são jogadores de futebol, não foram mandados embora porque? Impressionante a lentidão.
O que me resta então é falar sobre os jogadores que "talvez" vestirão a camisa alvinegra o ano que vem ( e ai vem mais preocupação ). O primeiro nome foi de um tal de Léo Guerreiro, e sinceramente não faço a mínima ideia de quem seja, mas foi indicado pelo nosso querido Túlio Maravilha, então vamos ver se dá certo.
Andrade, aquele mesmo que jogou no Vasco a um tempo atrás, e que esse ano era reserva do Sport ( rebaixado para a Série B ). É no MÍNIMO preocupante. Durval, zagueiro do mesmo Sport, não falo que seria a solução, porém é um bom começo para a zaga, juntamente com o Antônio Carlos, que estava no Atlético-PR.
Comentaram o nome do Morais, que jogou no Vasco e hoje é reserva do Corinthians. Precisa ver como está o jogador. Ele é bom sim, e seria uma boa para se juntar ao Lúcio Flávio no meio, mas a muito tempo não vejo jogar, é uma contratação de risco.
No ataque os nomes mais comentados são de Nunes e Dodô. O primeiro eu pouco sei, mas fez bastante gol esse ano, se for assim sempre está ótimo. Já o Dodô, ao contrário de muitos, sou a favor da volta dele. Só ele em uma temporada fez mais gols que esse ataque atual. Impressionante a falta que eu sinto de um artilheiro mesmo. A diretoria poderia aproveitar que o Vasco recuou um pouco para poder fazer uma proposta decente. É a hora!
Mas fica a minha dúvida quanto o time que jogará o ano que vem. Agora, renovar com muitos do atual elenco seria uma falta de vergonha na cara. Os únicos que salvam e têm o aval de muitos torcedores são Jefferson e Leandro Guerreiro. Porém acrecendo a esta lista André Lima, que merece uma outra chance, ele é mais jogador do que mostrou nesse ano.
Será que não avisaram a essa diretoria que o ano que vem a temporada começa mais cedo? E que quanto mais tempos os jogadores tiverem para treinar, melhor entrosados estaram? Nós torcedores, esperamos que as "dúvidas" logo virem certezas, e que sejam bem melhores do que foram em 2009, porque nada justificaria cometerem o mesmo erro passado.
Estarei aqui, ligada sempre nas novidades que pintaram por ai! E espero que antes do Natal, o nosso Papai Noel já dê as caras e que os presentes possam condizer com a grandeza deste clube. Eu ficarei de olho, façam o mesmo!

Saudações alvinegras a todoos ;*

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Alívio e Cobrança


Alívio. É o sentimento que descreveu cada botafoguense espalhado pelo Brasil e pelo mundo. Parece que tiramos 12312121 kg das costas. E de pensar que foi sofrimento até o último minuto de jogo. É verdade, tem coisas que só acontecem com o Botafogo.
O jogo foi tenso, eu diria, MUITO tenso. A torcida, os jogadores, a comissão técnica, a diretoria, enfim, todo mundo estava apreensivo para saber do desfecho desse time, que até hoje busco palavras para descrevê-lo.
A torcida compareceu em grande número e conseguiu fazer um linda festa, e apoiar um time que o ano todo só deu sofrimento. É um orgulho para mim saber que faço parte, mesmo que de longe, dessa torcida maravilhosa. Parabéns!
Voltando ao jogo, o Palmeiras começou bem melhor, o Muricy conseguiu surpreender o Estevam, e no início anulou quase todas as jogadas do Botafogo. O que fazia a torcida tremer de tanta pressão palmeirense. Confesso que aqui em casa, temi pelo pior. Mas o alvinegro começou a equilibrar a partida e perdeu chances incríveis com Lúcio Flávio e o Reinaldo. E foi assim que acabou o primeiro tempo, 0 x 0, e naquele momento o Botafogo estava sendo rebaixado, já que o Coritiba havia empatado o jogo com o Fluminense.
Veio o segundo tempo, mas a calma não veio. Mas aos 11 minutos, em uma jogada despretenciosa, Alessandro sofre a falta, Lúcio Flávio cobra na cabeça de Wellington, que não desperdiçou e teve a tranquilidade que os nossos atacantes não estavam tendo. A torcida explodiu no Engenhão. E diferentemente da maioria do campeonato, o Botafogo continuou melhor e aos 20 minutos, em uma jogada de sorte e raça de Renato, ele conseguiu ganhar a bola e cruzar na medida para Jobson fazer o segundo. Impressionante o que este garoto joga.
No finzinho ainda, para aumentar meu sofrimento, aos 46 minutos o Palmeiras diminui com Robert. Restou 3 minutos de pura ansiedade e nervosismo. Porém, valeu a regularidade no jogo. Botafogo 2 x 1 Palmeiras e vaga assegurada na Série A. Aliás, de onde nunca um time do porte do Glorioso deverá está.
Depois do alívio a mudança. Agora é ficar em cima da diretoria para que não se repita em 2010 o que aconteceu em 2009. E não acontecerá, todos nós, apaixonados por essa estrela solitária, esperamos.
Com o fim do campeonato, o Botafogo terminou na 15ª posição com 47 pontos, enquanto que o Palmeiras continuou com 62 pontos na 5ª posição, a uma vitória do G-4. O que aconteceu com o Palmeiras na reta final? Se nem os jogadores foram capazes de explicar, não sou eu que vou tentar adivinhar, mas que foi estranho foi.
Continuarei com vocês, acompanhando cada passo do nosso Fogão na montagem de grupo. Que 2010 seja bem melhor que foi 2009, nós, torcedores botafoguenses merecemos, e muito!

Saudações alvinegras a todoos ;*

Flamengo campeão, Inter vice e Coritiba rebaixado


Falar bem do Flamengo. Tarefa complicada, mas necessária. Campeão Brasileiro de 2009. Quem no início do campeonato apontaria o rubro-negro carioca? Eu sinceramente não, nem nos meus piores pesadelos imaginei. Mas aconteceu.
Maracanã lotado. Tarde de domingo. A semana todinha especulações de que o Grêmio iria entregar o jogo ( e não entregou? ), várias declarações polêmicas. Ambiente perfeito para acabar com o jejum de 17 anos sem o título brasileiro.
Mas não é que o Grêmio resolveu aprontar ainda no primeiro tempo? Fez 1 x 0 com Roberson, após bobeira da zaga do Flamengo, em uma cobrança de escanteio. E o Maracanã ficou apreensivo, porque curiosamente o time não jogava bem. Mas, ainda no primeiro tempo, David empatou, reascendendo a torcida.
Veio o intervalo, e o Flamengo voltou não jogando bem. E quem foi que fez o gol do título? Ronaldo Angelim. Ele mesmo, que quase aposentou no início do ano. Pronto. O Grêmio já nem atacava mais. 2 x 1 e campeões brasileiros pela quinta vez. Isso mesmo é Penta e não Hexa.
O Flamengo chegou aos 67 pontos, enquanto que o Grêmio ficou na 8ª colocação com 55 pontos. Mas para todos os efeitos, Parabéns ao Flamengo!

Inter x Santo André. Os dois times ainda tinham esperança de alguma coisa no campeonato. O Inter dependia de um tropeço do Flamengo. Enquanto que o Santo André precisava de um milagre para poder ficar na primeirona.
Mas Alecsandro, Índio, Andrezinho e Giuliano, terminaram com qualquer chance de recuperação do time visitante. Mas nem se conseguisse ganhar o time conseguiria escapar, graças aos outros resultados. Nunes ainda descontou para o time do interior paulista.
Ao Inter, restou conviver com mais um vice-campeonato, a dois pontos do líder. Mas se serve de consolo, a última vez que conseguiu ser vice, em 2005, o time conseguiu conquistar no ano seguinte a Libertadores e o Mundial. Que essa sorte volte ao Inter, o time está merecendo.
O Santo André terminou na 18ª posição com 41 pontos e foi rebaixado para a Série B. Boa sorte ao Ramalhão, que ele não se abale como muitos times novos que subiram à Série A e caíram logo depois!

Briga para não cair é sempre complicado. Briga direta na última rodada é pior ainda. De um lado estava o Coxa, que conseguiu a proeza de se complicar no campeonato, mas estava jogando em casa. De outro lado estava o Fluminense, em uma arrancada espetacular, que não queria que toda aquela arrancada acabasse ainda em rebaixamento.
Com todo o nervosismo do Coxa, o Fluminense abriu o placar com Marquinho. A aflição da torcida do Coritiba continuava. Mas Pereira tratou de colocar em igualdade o placar. 1 x 1 e nada resolvido ainda. Mesmo esse resultado sendo muito complicado para os dois foi o que prevaleceu também durante o segundo tempo.
O jogo do Botafogo foi que decidiu quem seria rebaixado. Com o resultado positivo do time carioca, o Coritiba foi rebaixado com 44 pontos e o Fluminense com 45, conseguiu escapar, em uma arrancada de emocionar.
É muito complicado porém, falar em rebaixamento para um time que não estava entre os piores do campeonato. Mas nada justifica o que fez uma parte da torcida do Coritiba. Foi um ato de estrema inconsequencia, que pode prejudicar o time na segundona o ano que vem. Foi lastimável, muito mesmo.
Boa sorte ao Coritiba o ano que vem na Série B. E ao Fluminense meus parabéns! É uma arrancada para entrar para a história do futebol mundial, mostrando que quando quer, tudo é possível. Mas que também sirva de lição do tricolor carioca.

Saudações alvinegras a todoos ;*

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

São Paulo e Cruzeiro na Libertadores e Barueri na Sul-Americana


O primeiro 0 x 0 que eu tenho que descrever aqui. E não foi nada emocionante, foi daqueles típicos empates sem gols de dar sono. É inacreditável, mas nada aconteceu. O time do Barueri parecia conformado com o resultado, que lhe garantia na Sul-Americana, mas eu realmente esperava muito mais do Furacão, simplesmente porque o empate não lhe serviria de nada. Nada mesmo.
Mas parecia que o pessoal do Atlético-PR estava é ligado no jogo do Coritiba. E se esqueceram do jogo deles, só pode ser, não tem outra explicação. Lances de perigo? Teve sim, mas foram muito raros. Final 0 x 0, a quanto tempo eu não via esse placar!
Com isso, o Furacão não foi à Sul-Americana, ficando na 14ª posição com 48 pontos, já o Barueri, conseguiu a inédita classificação para a competição internacional ficando na 11ª colocação com 49 pontos.

A briga por alguma coisa na tabela começou com este jogo. Tudo bem, o Santos já não brigava por nada, porém o Cruzeiro jogava todas as fichas dele em um resultado positivo para ainda poder sonhar com Libertadores. Mas não é que deu certo?
O primeiro gol do time mineiro saiu com Wellington Paulista, logo no início do jogo, para a alegria dos torcedores cruzeirenses. Só que, para dar uma sacudida no jogo, Neymar, no segundo tempo, fez o gol de empate, que tiraria o Cruzeiro do G-4, mesmo com o Botafogo ganhando do Palmeiras.
Porém, em um jogo que tinha tudo para terminar em 1 x 1, um reestreiante conseguiu fazer a diferença. Kléber, o Gladiador, fez o segundo gol que recolocava o Cruzeiro na Pré-Libertadores e, por ironia do destino, retirava o Palmeiras, que durante algum tempo foi o pivô de brigas entre a torcida mineira contra o jogador.
Com esse resultado, o Cruzeiro terminou o campeonato em 4º lugar, com 62 pontos, enquanto que o Santos terminou na modesta 12ª colocação com 49 pontos, tendo que reformular o elenco se não quiser ficar na turma do meio da tabela. Mas saída de treinador nem sempre é o ideal.

É, e o Jason não voltou. Pareceu que ia engrenar e ser hexa, mas não foi desta vez. Pecou e muito nestas últimas rodadas, perdendo jogos-chave, como contra o Botafogo e principalmente, Goiás.
Mas na última rodada, fez a torcida até vibrar com um time animador em campo. Tudo bem que o Sport já estava rebaixado, e que o fator casa possa ter colaborado. Mas foi bonito o placar. São Paulo 4 x 0 Sport.
Um jogo completamente dominado pelo time paulista e também perfeito para um jogador: Washington. Marcou três gols e com isso garantiu a camisa 9 para o ano que vem. Não é brincadeira, foram 3 gols merecedores da musiquinha no Fantástico. O outro gol foi marcado pelo nada menos importante, Rogério Ceni, de falta, que como de costume, deixou o goleiro sem reação.
Esse resultado deixou o tricolor paulista na 3ª colocação com 65 pontos e o Sport, continuou com na lanterna, com 31. Ao São Paulo, parabéns pela reação no campeonato e a conquista da vaga no melhor campeonato sul-americano. Já ao rubro-negro, é repensar muitas decisões tomadas durante o ano, caiu? Sim. Mas nada que não possa ser revertido.

Saudações alvinegras a todoos ;*

A Turminha do Meio da Tabela


É verdade, não tem como, quando a situação está difícil não há nada que mude. Impressionante! Exemplo vivo disso foi o Galo nesta reta final do Brasileirão. Ok, essa partida não valia muita coisa no campeonato, mas nada melhor do que terminar com uma vitória em casa para se despedir da torcida em 2009. Porém, nada disso aconteceu.
Perdeu a última partida do Brasileirão para o Corinthians em casa e acabou o ano na modesta 7ª posição do campeonato, com 56 pontos. Triste fim. Mas se formos olhar o início do ano, ninguém imaginaria esse time do Atlético-MG indo tão longe como foi. Já o Corinthians resolveu dar um "stop" nas férias antecipadas e ficou na 10ª colocação com 52 pontos. Ambos classificados para a Sul-Americana.
O jogo foi marcado pela forte chuva que inundou o Mineirão, os protestos da torcida do Galo e também a marcante atuação do contestado Souza. Sim, o mesmo Souza que esteve no Flamengo a um tempo atrás, marcou os dois primeiros gols da partida, sendo que um foi um golaço. O terceiro foi marcado pelo atacante Bill. E o Atlético? Nada pode fazer. Só olhava o Timão jogar.
Resultado? Celso Roth demitido. Mas será que foi somente ele o responsável por essa queda monstruosa de rendimento? O Palmeiras também teve uma queda muito grande e não demitiram o técnico! Vamos ver se a diretoria do Galo fez certo ou não de acabar com o trabalho dele.

O Náutico foi outro que teve a chance de terminar o campeonato com uma vitória em casa, mas também não conseguiu passar pelo bom time do Avaí, em que o técnico Silas não põde comparecer e mandou o irmão, que cumpriu direitinho o papel.
O gol da equipe visitante saiu com Eltinho, ainda no primeiro tempo. O Náutico não foi tão apático quanto o Galo, porém, não conseguiu ser eficiente igual ao time mineiro.
Com esse resultado, que não alterou quase nada na competição, o Náutico continuou com os 38 pontos e na 19º colocação, sendo oficialmente levado à segunda divisão. Já o Avaí conseguiu chegar aos 57 pontos e terminou a competição na 6ª posição, e é o time catarinense que conseguiu a melhor colocação no Campeonato Brasileiro da Sèrie A. De pensar que no início todo mundo achava que este time iria cair! Parabéns Avaí, mereceu muito por tudo o que fez no decorrer do ano.
Que juntamente com o Avaí, renasça o futebol de Santa Catarina. Já ao futebol Pernambucano, nada a festejar, Náutico e Sport rebaixados, por planejamentos completamente equivocados, o Náutico desde o início do ano, o Sport depois da eliminação da Libertadores. Triste.

Vitória e Goiás. Dois times que estavam no meio da tabela, nada a disputar. Os dois times classificados para a Sul-Americana, mesmo com um empate em 2 x 2 lá no barradão.
No Vitória, era ganhar para coroar a vinda de Mancini e sua precoce despedida. Para o Goiás era a hora de terminar o campeonato bem depois de várias rodadas sem vencer, mas o adversário era duro e jogava em casa, ai complicou.
O primeiro gol do Vitória foi feito pelo atacante Roger, que sem dúvida foi o destaque do rubro-negro este ano. Só que o Goiás resolveu aprontar e virou a partida com dois gols de Felipe, artilheiro do time com 13 gols. E o Goiás tomou conta da partida, até que no fim, resolveu diminuir o ritmo e "ajudar" o rubro-negro. Leandro Domingues no rebote empatou o jogo.
Com esse resultado, o time da Bahia ficou com 48 pontos, na 13ª posição e contou com esse resultado para participar da competição internacional. Já o Goiás termiou o campeonato na 9ª posição com 55 pontos, e fechou o ano que tinha tudo para ter sido bem melhor. Paciência.

Saudações alvinegras a todoos ;*

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

As Pedreiras Brasileiras


Saindo um pouco do eletrizante Campeonato Brasileiro, hoje foi realizado na África do Sul o sorteio para os grupos da Copa do Mundo de 2010, realizada neste país.
O resultado foi o seguinte:
No Grupo A ficou África do Sul, México, Uruguai e França. No Grupo B Argentina, Nigéria, Coréia do Sul e Grécia. No Grupo C Inglaterra, EUA, Argélia e Eslovênia. No Grupo D Alemanha, Autrália, Sérvia e Gana. No Grupo E Holanda, Dinamarca, Japão e Camarões. No Grupo F Itália, Paraguai, Nova Zelândia e Eslováquia. No Grupo G Brasil, Coréia do Norte, Costa do Marfim e Portugal. E no Grupo H Espanha, Suiça, Honduras e Chile.
O Grupo A para mim é muito forte, tem seleções com jeitos de jogar bem diferentes e pode ter surpresas. Mas minha aposta para passar neste grupo é França e África do Sul ( pelo apoio da torcida ).
Já no Grupo B, a Argentina pegou, se não o mais fácil, um dos. Quem classifica neste grupo são os nossos Hermanos e a Nigéria.
O Grupo C, não chega a ser um grupo da morte, mas também não é fácil como o anterior, tem seleções de tradição e as que podem surpreender. Quem classifica pra mim é Inglaterra e Eslovênia.
O Grupo D é mediano. A maioria das seleções já se enfrentaram e a maioria joga na Europa ou Ásia, se conhecem bem. Quem classifica para mim é Alemanha e Sérvia.
O Grupo E, é o que mais tenho dúvida quanto a classificação. São todos times do mesmo porte e que também podem surpreender. Mas classificaria Holanda e Dinamarca.
No Grupo F também são seleções de muita tradição, que vão duelar de forma imprevisível. Mas como é para arriscar um palpite, crio que Itália e Paraguai conseguem passar para as oitavas de final.
É no Grupo G que o Brasil ficou. E não pegou seleções bobas não. Em 2002 e 2006 o sorteio foi mais generoso com a gente. Porém não tem mais volta. Se tudo ocorrer como previsto, Brasil e Portugal passam, chegando na última rodada somente para decidir quem ficará em primeiro e segundo lugares.
Ao contrário do Brasil, a Espanha deu sorte no Grupo H. Pegará seleções em processo de renovação ou não muito tradicionais. Quem classifica será Espanha e Suiça, porém fiquem de olho no Chile, poderá ser a surpresa da primeira fase.
Agora é só esperar um pouco mais de 6 meses para sabermos se o Hexa enfim virá, ou se alguma "surpresa" tomará conta desta Copa do Mundo. O certo é que, pelo menos na sorte, o Brasil não se deu muito bem, tanto que nenhum jogador entrevistado até agora gostou do grupo. É chato? É. Mas somos Pentacampeões e quem tem que ficar preocupado são eles e não a gente.
É só jogar futebol e pronto. E isso, convenhamos, sabemos fazer muito bem!

Saudações alvinegras a todoos ;*

Quase o Milagre


E o milagre quase se concretizou. Parabéns aos jogadores do Fluminense que proporcionaram ao torcedor um jogão de bola. Mas dessa vez não deu. Quer dizer, de novo contra a LDU não deu, de novo no Maracanã lotado. Foi incrível a coicidência tanto de adversário quanto de resultado.
Só dava Fluminense no jogo, e a LDU fazia o jogo perigoso de somente contra-atacar. Porém com 17 minutos de partida, De La Cruz foi expulso e a situação tricolor ficou mais fácil.
Os de Diguinho e Fred no primeiro tempo indicavam que o terceiro gol era questão de tempo, pois o grande jogador do time deles Mendez não conseguiu aparecer no jogo, graças a forte marcação imposta pelos defensores tricolores. O terceiro gol saiu da cabeça do zagueiro-atilheiro Gum, que escorou bem o cruzamento de Conca em um escanteio.
Com isso, parecia que o quarto gol iria sair naturalmente, e a partida no mínimo seria levada à prorrogação. Porém o lance retratado na foto, para mim, foi determinante para que o Fluminense não conseguisse mais ter a força que tinha durante a partida.´
Ápos um lance bobo, Fred foi expulso por quase agredir o juíz. E perdendo um jogador como ele, que é a base para o ataque, o Flu até que tentou mas não conseguiu fazer o quarto gol. Mas parabéns ao Fluminense pela bela campanha, que começou num tímido 0 x 0 contra o Flamengo, e que terminou com uma bela apresentação diante de um time bem montado como é o da LDU.
Agora é focar no Campeonato Brasileiro, que ainda resta mais um jogo para que o milagre se concretize e não fique no quase como ficou na Sul-Americana. A decisão está marcada para domingo as 17h lá no Couto Pereira.

Saudações alvinegras a todoos ;*

Ainda há esperança Fogão?


É a pergunta que não quer calar. Muitos torcedores acham que sim ( e eu sou um deles ), outros acreditam que esse ano já era. Não vou defender jogador algum, porém não é hora de protestos contra diretoria, técnicos ou jogadores. É apoiar, ou querem ver o barco afundar de vez?
Eu sinceramente não quero isso. E é pro isso que apesar de ter passado muita raiva o ano todo, não desito de apoiar o time. Não é questão de defender um ou outro lá dentro e sim fazer com que a Estrela mais Linda e Apaixonante do Planeta não vá parar na segundona mais uma vez em menos de 10 anos. Seria muito decepcionate.
O jogo contra o Atlético-PR foi complicado, como era de se esperar. A Arena da Baixada lotada para apoiar o Furacão, e deu certo. Foram dois gols, nas duas falhas da zaga alvinegra. Serviu para provar que não dá mesmo para confiar em Emerson na zaga.
Wallyson fez o primeiro gol e Paulo Baier fez o segundo para acabar com as esperanças do Botafogo, que mantinha a posse de bola, mas não tinha um cara que corresse e infernizasse a zaga do Furacão, que foi exatamente o que o Jobson fez no jogo contra o São Paulo. Derrota? Sim. Desistir? Nunca. Principalmente porque ainda precisamos só da gente para conseguir a permanência.
Agora é acreditar e lotar o Engenhão para apoiar esse time contra o Verdão, que também precisará muito da vitória, pois briga pelo título ainda e também pela confirmação da vaga na Libertadores do ano que vem.
A notícia da suspensão de Juninho e Rodrigo Dantas esta tarde não me animou, porém o advogado do Fogão já entrou com um efeito suspensivo e pelo menos o zagueiro poderá jogar. Menos mal, pelo menos não teremos que aguentar o Emerson na zaga. Já o Jobson foi absolvido, sem maiores preocupações. Portanto, é força máxima domingo, e com a ajuda da nossa linda torcida venceremos e deixaremos a decisão da última vaga no Z-4 para a batalha lá no Paraná.
Vamos time, é o último jogo do ano, temos obrigação de ganhar. Eu acreditarei até o fim, e vocês?

Saudações alvinegras a todoos ;*

Milagre Tricolor, Liderança Rubro-Negra e Recuperação Mineira


O Fluminense recebeu o Vitória no Maracanã, e venceu, mais uma vez. Com isso, depois de várias rodadas na zona de rebaixamento o tricolor carioca conseguiu se livrar disso, colocando o Botafogo na degola.
O jogo contra o Vitória começou bem fácil para o Flu, já que o time rubro-negro entrou com uma formação típica de quem quer segurar o empate, enquanto que o Fluminense foi pra cima o tempo todo, e não demorou muito a marcar. O primeiro gol foi marcado pelo jovem Alan, logo no início do jogo. Poucos minutos depois, Fred, sempre ele, marcou um golaço de fora da área e ampliou para o tricolor.
O Vitória não jogava bem, só se defendia e não tinha força nenhuma nos contra-ataques, com isso, o Fluminense aproveitou muito bem as falhas que a defesa do adversário tinha.
Quando acordou na partida, o Vitória levou um pouco de perigo, porém não conseguia transformar os perigos em gols. Então, na segunda etapa, o melhor do tricolor em campo, Conca, marcou dois gols e fechou a goleada.
No finzinho do jogo teve tempo para uma briga infantil entre Diguinho do Fluminense e Leandrão do Vitória. Não sei pra que isso, o resultado não iria mudar aquela altura.
O tricolor carioca subiu para a 15ª posição com 45 pontos e ainda com chances de rebaixamento e o Vitória permaneceu com 47 pontos na 13ª colocação, mas sem chances de ser rebaixado.

O jogo mais polêmico da rodada foi entre Corinthians e Flamengo. Não era de se imaginar que o Timão fosse fazer alguma resistência à vitória do rubro-begro carioca. Porém, para a surpresa de todos, o Corinthians até que tentou, mas não conseguiu segurar o Fla.
O Flamengo disputando tótulo foi para cima, mas no início o time da casa conseguiu resistir bem. Sem Adriano e com Zé Roberto como a "estrela" do ataque, o time carioca ganhou mais em velocidade e agilidade. E foi exatamente dos pés dele que saiu o primeiro gol do Flamengo, ainda no primeiro tempo.
A torcida explodiu pouco tempo depois com o gol do Goiás em cima do São Paulo, o que também animou os jogadores em campo. No finalzinho do jogo, Dodô fez um pênalti no mínimo duvidoso em cima de Léo Moura, e exatamente na hora em que o Corinthians estava melhor em campo e ameaçando empatar o jogo. O mesmo Léo Moura fez o gol e o Felipe nem esboçou a defesa, em protesto contra o árbitro.
Mais tudo bem, 3 pontos para o Flamengo, que agora é líder do campeonato com 64 pontos, 2 a frente de Inter, Palmeiras e São Paulo. Já o Corinthians continua no meio da tabela, em 10º lugar com 49 pontos, e já pensa só em 2010.
O que nós, tocedores alvinegros, mais temíamos aconteceu. Flamengo líder e com belas possibilidades de se sagrar campeão, graças ao Grêmio, que quer entregar o jogo para que o Inter não seja campeão. Lastimável isso. Porém, com ou sem ajuda do árbitro, o fato é que eles estão na frente. Por isso concordo com que falaram, esse campeonato não está normal.

Nunca pensei que fosse falar isso, mas obrigada Cruzeiro. Obrigada por dar mais uma chance ao Botafogo, derrotando o Coritiba. É isso mesmo, temos que agradecer ao Cruzeiro, que conseguiu fazer a sua parte, após sair perdendo o jogo, e de quebra deixou o Coxa com os mesmo 44 pontos do Fogão. É luta até o final, haja coração!
O jogo começou com o Cruzeiro querendo a vitória para seguir sonhando com a Libertadores. Porém quem primeiro marcou foi o Coxa. Jéci fez 1 x 0.
O Cruzeiro sentiu o gol. Só Adilson Batista contou com a sorte e colocou o garoto Eliandro que mudou completamente a partida. No finzinho veio a virada. Primeiro Henrique bateu de fora da área e fez 1 x 1. Três minutos depois Jonathan decretou a virada 2 x 1.
O Coritiba até que tentou voltar mais ofensivo. Mas aos 11 minutos tudo voltou a dar certo para a Rapoza e Wellington Paulista ampliou, de pênalti. O garoto Eliandro fechou o placar em 4 x 1. O Coritiba já não tinha mais forças pra lutar nem por um empate e pelo segundo jogo seguido, tomou quatro gols em uma só partida.
Agora o Coxa pega o Flu, concorrente direto para não cair e dependendo do resultado do jogo no Engenhão, a derrota pode significar a queda. Com os mesmos 44 pontos do Botafogo o Coxa fica na 16ª posição, pois o número de vitórias é maior. Já o Cruzeiro vai 59 pontos e mantém as chances de ir à Libertadores, basta também esperar o resultado do jogo entre Botafogo x Palmeiras. Coicidência não?

Sudações alvinegras a todoos ;*

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Palmeiras, Goiás e Inter vencem


O jogo no Palestra Itália não só valia a vida do Palmeiras na competição como também a do Galo. E foi com essa disposição que ambos entraram em campo. O Palmeiras precionado por problemas internos e várias derrotas consecutivas. O Galo também vinha de muitas derrotas consecutivas. Era fato que quem perdesse dava adeus à chance de disputar uma Libertadores, principalmente o Atlético-MG.
Logo no começo do jogo já dava pra perceber uma melhora significativa no Palmeiras, principalmente pela volta de Cleiton Xavier. E o primeiro gol do Verdão não poderia sair de outra pessoa, ele mesmo fez 1 x 0. Mas depois, o artilheiro e maestro do Galo conseguiu empatar, Diego Tardelli, 1 x 1.
Daí em diante o jogo ficou tenso, até que o maestro do Palmeiras, Diego Souza, fez uma pitura. Ele chutou de primeira no meio de campo e a bola entrou. 2 x 1 com moral.
A segunda etapa deu uma esfriada no jogo, mas mesmo assim o Palmeiras conseguiu marcar mais um, agora com o tão contestado Vagner Love e fechou o placar. Palmeiras 3 x 1 Atlético-MG.
Agora o Verdão está na 3ª posição com 62 pontos e ainda com chances de brigar pelo título. Já o Galo ficou na 6ª posição com 56 pontos, sem qualquer chance de Libertadores, triste para um time que passou a maior parte do campeonato no G-4, mas serve de lição. Time nenhum sobrevive de apenas um só jogador.

Mas não é que o Goiás resolveu complicar a vida do São Paulo mesmo? Esse campeonato está mesmo louco. A mais de dez rodadas o Goiás já não briga por nada e mesmo assim consegue ganhar do então líder. Eu acho que esse negócio de perder para o Botafogo está desestabilizando os times lá da parte de cima. Foi assim com Atlético-MG, Inter, Goiás e agora o São Paulo.
De pensar que o São Paulo estava ganhando de 1 x 0 gol do chamado Coração Valente do tricolor paulista. Tomou uma virada impressionante e não mostrou uma característica que vinha sendo determinante para que ganhasse os campeonatos passados: a sorte de campeão.
Só que Vitor, Rithelly, Fernandão e Léo Lima, resolveram atrapalhar os planos no hepta e marcaram. Mesmo com o segundo gol de Washington, o tricolor não teve mais forças e a sorte necessária para conseguir virar. Resultado ruim? Péssimo.
Com isso o tricolor estaciona na 4ª colocação com 62 pontos, a dois do líder Flamengo, mesmo com chances e com um adversário relativamente fácil pela frente o Flamengo não deve perder a liderança, infelismente. Já o Goiás vai aos 54 pontos e ficou na 9ª colocação. Triste para quem um dia sonhou com título.

Para quem disse que o Sport seria um adversário fácil para o Inter, a resposta a todo esse otimismo está no placar. Sport 1 x 2 Inter. Não foi fácil mesmo. O Inter venceu sim, mas o laterna da competição não deu moleza não.
O Inter não fez quase nada no primeiro tempo, estava completamente perdido em campo e o Sport só não fez mais gols porque não quis. Mas aos 40 minutos, Vandinho fez o gol do time rubro-negro.
Com as substituições certeiras de Mário Sérgio no segundo tempo o Inter melhorou um pouco e conseguiu empatar o jogo no meio do segundo tempo, com Giuliano ( que garoto bom, dá até gosto de ver jogar ). E a virada veio nos pés de Andrezinho, isso mesmo, é aquele que eliminou o Flamengo na semi-final da Copa do Brasil, com aquele golaço de falta. Dessa vez foi outro. Salvou a tarde do Inter e ainda por cima recolocou-o na briga pelo título.
Com os mesmos 62 pontos de Palmeiras e São Paulo, o Inter está em 2º lugar e corre atrás do título com tudo, e dependerá do jogo entre Flamengo x Grêmio. Isso mesmo o maior rival poderá dar o título ao Inter. Já o Sport continua com os 31 pontos e já rebaixado, juntamente com o Náutico.

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Grêmio e Santo André vencem e Avaí empata


Avai x Santos foi um daqueles jogos que os times não tinham grandes pretenções no campeonato. Porém, o Avaí tinha um motivo especial para buscar a vitória, uma das pessoas mais importantes na caminhada do time catarinense fazia seu último jogo em Santa Catarina, o técnico Silas.
E foi com esse espírito que o time entrou em campo. E logo aos 2 minutos, o lateral santista Léo, fez um pênalti bobo em Cristian, que bateu muito bem e fez o primeiro. Quatro minutos depois, o time do Avaí ampliou com Muriqui depois de uma falha brutal de outro jogador do Santos.
Apesar da vantagem, o Santos tinha mais posse de bola, e no meio do primeiro tempo conseguiu empatar com Kléber Pereira de pênalti. Logo depois do gol Adaílton foi expulso e deixou o time paulista com um a menos. Isso foi uma ducha de água fria no Santos que recuou um pouco e só saia em contra-ataques.
O destaque concerteza foi o goleiro Felipe, que fez grandes defesas, salvando o Peixe. No fizinho porém, quando tudo caminhava para a vitória do time da casa, Paulo Henrique Ganso tratou de acabar com a festa, empatando o jogo. 2 x 2.
O Santos fica na 11ª posição com 49 pontos, enquanto que o Avaí fica na 9ª posição com 54 pontos. Ambos classificados para a Sul-Americana.

Outra partida sem grandes ambições foi essa. Os dois classificados para a Sul-Americana. Porém o Grêmio encontrou um estímulo a mais para disputar esta partida, se ganhasse seria o primeiro clube brasileiro a ficar invicto em casa, na era dos pontos corridos. E foi o que de fato aconteceu.
O primeiro gol tricolor também aconteceu cedo. Aos seis minutos o garoto Douglas Costa abriu o placar. Pouco mais de dez minutos depois, o Grêmio ampliou com Adílson, que mostrava a facilidade que o time teria de ganhar do Barueri. Ainda no primeiro tempo, Souza aos 32 minutos fez o terceiro, sem o time paulista oferecer perigo algum.
No segundo tempo Val Baiano de pênalti fez o primeiro gol do Barueri, e seu 18º no campeonato. Aos 34 do sendo tempo, o Barueri encosta no placar com Fabiano e o Grêmio parece que acorda depois de um começo estonteante. No fizinho porém, Herrera cruzou na cabeça de Maxi Lopes e ele fez 4 x 2. E o Grêmio é o único mandante invicto do Campeonato Brasileiro de pontos corridos.
O Grêmio está na 7ª posição com 55 pontos. Já o Barueri, está na 12ª posição com 48 pontos.

Santo André e Náutico era uma partida que valeria a luta para não ser rebaixado nesta rodada. E a partida foi muito tensa, com muitos passes errados, mas o Santo André conseguiu fazer a sua parte e rebaixou o Náutico, goleando por 5 x 3.
Um jogo com tantos gols deveria ter começado cedo a marcar. Nunes aos 3 minutos abriu o placar para os donos da casa. Aos 18 minutos Wanderley ampliou na saida do goleiro do Timbu. 2 x 0.
Pouco tempo depois, Carlinhos Bala conseguiu diminuir. 2 x 1. Mas mesmo assim o time não se achava em campo. Na jogada depois, porém, Wanderley ampliou com um golaço para os donos da casa. 3 x 1.
O segundo tempo começou bem movimentada. Aos 12 minutos Rômulo marcou o quarto para o Santo André, depois de uma falha crucial de Glédson. No lance seguinte, o Timbu diminuiu com Anderson Lessa, que havia entrado a pouco tempo.
Mesmo com o gol, o Náutico não conseguia melhorar, e Nunes aproveitou e fez o segundo gol dele na partida e o quinto do Santo André, complicando de vez o Náutico. Mas como na maioria dos gols, no ataque seguinte Nilson conseguiu fazer o terceiro do Timbu e assim ficou. Santo André 5 x 3 Náutico.
Com esse resultado, o Náutico ficou na 19ª posição com 38 pontos e não tem mais chances de escapar do rebaixamento. Já o Santo André, manteve as esperanças graças aos tropeços de Botafogo e Coritiba, foi aos 41 pontos na 18ª posição e ainda que remotas, continua com chances de cair. Basta saber se vai conseguir ganhar do Inter semana que vem.

Saudações alvinegras a todoos ;*

sábado, 28 de novembro de 2009

Juventude é o último a cair


Hoje pela tarde foi concluído mais um Campeonato Brasileiro da Série B. A rodada começou na sexta-feira com seis jogos. O primeiro foi Portuguesa 1 x 1 Campinense, deixando a Lusa com 62 pontos, na quinta colocação e o Campinense, já rebaixado, com 37 pontos na 19ª.
O Fortaleza também foi ao Sul enfrentar o Paraná, para cumprir tabela. O jogo acabou empatado em 1 x 1, deixando o time Gaúcho na 10ª posição com 53 pontos, enquanto que o Fortaleza, também já rebaixado, ficou na 18ª posição com 38 pontos.
ABC 0 x 1 Bragantino. O Braga conseguiu a vitória fora de casa e acabou em 9º lugar com 53 pontos e o ABC ficou com a lanterna da competição com apenas 35 pontos.
O jogo com menor número de pagantes na história do Campeonato ( com apenas 5 pessoas ), terminou com a vitória do Duque de Caxias por 4 x 1 em cima da Ponte Preta. O time carioca acabou na 8ª posição com 54 pontos, enquanto que a Ponte terminou com 52 pontos na 11ª posição. Uma das grandes surpresas do campeonato foi o Duque, que juntamente com muitas pessoas o colocavam novamente na terceirona.
O São Caetano recebeu o Figueirense e conseguiu a vitória por 2 x 1. Com esse resultado, o time paulista ficou na 7ª posição com 54 pontos, enquanto que o Figueira ficou na 6ª posição com 60 pontos.
O já classificado Atlético-GO recebeu o irregular Bahia e foi derrotado por 3 x 0. O resultado deixou o rubro-negro com 65 pontos, na 4ª posição e o Bahia na 12ª posição com 51 pontos.
Os quatro jogos que restavam foram disputados à 17:00 de hoje, com a incubência de revelar quem cairia além de ABC, Campinense e Fortaleza. O Brasiliense recebeu o Vila Nova e conseguiu escapar após vencer por 2 x 1 e chegar aos 48 pontos, na 14ª colocação. Já o Vila, ficou na 13ª colocação com 49 pontos.
O Ipatinga também fez o dever de casa e derrotou o Vasco por 2 x 0. O time mineiro escapou de qualquer chance de rebaixamento e foi aos mesmos 48 pontos do Brasiliense, só que perdeu no quesito vitórias e ficou em 15º lugar. O Vasco continuou firme na ponta com 76 pontos.
O Ceará recebeu o América-RN, que também precisava pontuar e num jogo de muitos erros, acabou 0 x 0. Com o tropeço do Juventude, o América foi beneficiado e ficou com a 16ª posição, com 46 pontos. O Ceará ficou em 3º lugar com 68 pontos e a volta garantida.
O Guarani ganhou do Juventude por 2 x 1 e garantiu a segunda colocação com 69 pontos. Nada mais merecido a um time que poucos acreditavam e que em momento algum saiu do grupo da frente. Parabéns ao Bugre. Já o Juventude, enfim, uma campanha muito irregular, com muitos problemas internos. Isso tudo afetou o grupo que não conseguiu reagir e terminou a temporada na 17ª colocação com 44 pontos.
Concordo com os que dizem que foi um campeonato justo. Os quatro primeiros colocados realmente foram os que melhor apresentaram um futebol digno de subir. E os quatro últimos alternaram resultados irregulares. Isso conta também com América-RN, Ipatinga, Brasiliense e até o Bahia, que conseguiram escapar, porém precisam de uma reforma geral.
Até 2010 Série B! Agora é se ligar nas duas últimas rodadas da série A, que promente ser muito emocionante. Não tem quase nada definido.

Saudações alvinegras a todoos ;*

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Inacreditável


É isso mesmo, foi inacreditável o que aconteceu ontem na no Equador. Tudo bem que a LDU tinha um bom time, mas 5 x 1? Foi um exagero se considerarmos a história dos dois times, mas olhando o que foi o jogo dá para entender como foi construído um placar tão elástico.
O Fluminense fez 1 x 0 logo no primeiro lance da partida. Eu aqui pensei que seria um jogo equilibrado, mas que pela qualidade técnica o tricolor carioca levaria a melhor. Mas surgiu um belo jogador, que em três chutes a gol resolveu a partida além de desequilibrar emocionalmente os jogadores do Flu: Mendez.
Esse cara pega muito bem na bola, impressionante! Mas para mim o segundo gol é o mais espetacular. Ele cobra a falta, a bola bate na barreira e volta para ele quicando, ele não quis nem saber e pegou de primeira, a bola bateu no travessão e entrou, sem qualquer chance para o Rafael.
O Cuca tentou mecher na equipe no intervalo, tirando o garoto Alan e colocando o Kieza, porém nada mudou. A mesma dificuldade que o garoto teve no primeiro tempo, o Kieza teve no segundo. Sem contar que o Fluminense recuou dimais e não tinha forças para puchar um contra-ataque.
Mereceu perder? Sim. Mas o placar disse muito mais do que a gente imagina. Sou totalmente a favor de tirarem os jogos que ficam a uma altitude muito alta. Não só atrapalha o rendimento de jogadores, como também faz com que os times que já estão acostumados a jogar lá consigam se sair melhor do que os outros. É uma espécie de favorecimento legal aos times locais. E ainda tem gente que concorda com a sacanagem de jogar lá.
Saindo dos méritos extra-campo, vamos ao que interessa. O Fluminense agora precisa de um resultado, digamos, espetacular semana que vem no Maracanã. Não é que eu não acredite, mas acho bem difícil. São quatro gols de vantagem, isso sem poder tomar nenhum no Rio. A situação se complicou na Sul-Americana.
Agora é se desligar da competição internacional e se concentrar no Brasileirão. O confronto contra o Vitória no Maracanã domingo, pode ser decisivo para o tricolor. O time voltará desgastado tanto da viagem quanto do jogo. Agora é mais importante manter a calma, e o Cuca é um especialista nisso, haja vista o trabalho psicológico que ele fez com o time do Botafogo depois de jogos frustrantes. Vamos ver se funciona.
Foram 13 jogos de invencibilidade quebrados com uma sonora goleada. Foi o que eu disse em muitas postagens, queria ver até onde esse milagre tricolor chegaria. Aos torcedores é acreditar que essa derrota não irá abalar o time no Brasileirão, e torcer para que recuperem logo a forma física.

Saudações alvinegras a todoos ;*

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Jobson derruba Jason


Tarde quente no Rio de Janeiro. Todos os olhos voltados para um jogo que a semana inteira estava prometendo. O Botafogo, que luta contra o rebaixamento, recebeu o São Paulo, líder do campeonato e que vinha embalado de várias vitórias. O Estádio Olímpico João Havelange, foi palco da que pra mim, foi a melhor atuação do Botafogo, desde a saída do Mago. Haja coração para aguentar tanta emoção!
Desde os primeiros minutos, o time da casa tomou a iniciativa de jogo e pressionava um São Paulo, que estava sem objetivo em campo. E não demorou muito para que o garoto, que seria o nome do jogo, aparecer. Ele recebeu um passe de Reinaldo, driblou Renato Silva e bateu a bola no ângulo. GOLAÇO! 1 x 0 para o Botafogo.
O São Paulo melhorou um pouco e começou a prender mais a bola. Até que o próprio Jobson perdeu um gol incrível. Ele recebeu um passe lindo de Lúcio Flávio e chutou para fora. Daí em diante parecia teste pra cardíaco. Só deu São Paulo, o Botafogo não conseguia sair direito. E o castigo veio aos 50 minutos. Sim, acredite 50 minutos. Washington recebeu um cruzamento e cabeçeou, sem chances para Jefferson.
Veio o segundo tempo e logo aos 11 minutos, numa jogada de pura desatenção da defesa alvinegra, Jorge Wagner virou! São Paulo 2 x 1. Foi neste momento que a torcida que estava no Engenhão fez a diferença. Continuaram apoiando o time e deu certo.
Dois minutos depois, depois de um passe de Jobson, Renato fez o gol de empate. Vale ressaltar que muita gente achou que o gol foi irregular, mas não foi. Quem tocou para o Jobson, que realmente estava voltado de fora do campo, foi o zagueiro do tricolor, anulando qualquer possibilidade de impedimento.
O jogo pegou fogo. Com a expulsão de Richarlyson, o São Paulo levou pressão. Porém, Juninho, aos 38 do segundo tempo também foi expulso. Todos os Botafoguenses já estavam quase desistindo quando em uma jogada de tiro-de-meta Jefferson cobrou, Victos Simões desviou e, aos 44 do segundo tempo, a bola sobrou nos pés de Jobson, que dominou, deixou Miranda no chão e chutou para sacramentar a vitória. 3 x 2 de virada!
Está certo que ele exagerou na comemoração e tomou o segundo amerelo e depois o vermelho. Porém entendo o garoto, que não se aguentou de tanta euforia, muitos de nós no lugar dele faria o mesmo. Por fim ainda tivemos Rodrigo Dantas expulso e ficamos com dois a menos. Daí em diante foi só coração, não adiantava mais técnica. E conseguimos derrubar o Jason.
Agora voltando à realidade. Chegamos aos mesmos 44 pontos de Atlético-PR e Coritiba. Na próxima rodada enfrentaremos o Furacão lá na Arena da Baixada, e precisamos como nunca da vitória, para que possamos entrar mais tranquilos contra o Palmeiras em casa.
Dependendo de uma combinação de resultados porém, se ganharmos do Atletico-PR, o Coritiba perder para o Cruzeiro em Belo Horizonte e o Fluminense perder ou até empatar com o Vitória, estaremos garantidos na elite, pois na última rodada Fluminense e Coritiba se enfrentam e um pode rebaixar o outro. Está ai a importância dessa vitória, para pelo menos acabar o ano de uma forma mais digna.
Já o jogo contra o Palmeiras, precisando ou não da vitória, tenho certeza que faremos dele um caldeirão, onde o Verdão sempre tem uma dificuldade enorme de ganhar. Vamos meu Fogão eu acredito sempre! Se não for pela técnica, vai pela raça, demonstrando que o manto glorioso é digno de muito esforço.

Saudações alvinegras a todoos ;*

Flu anima e Fla decepciona


É, realmente a fase do tricolor carioca é espetacular. A algumas semanas atrás era praticamente impossível a chance do Flu permanecer na série A, hoje é um dos favoritos a esse posto. Impressionante mesmo.
Tudo bem, dessa vez foi a mesma coisa do que bater em cachorro morto. O Sport não ofereceu quase resistência alguma a um time que já vinha embalado. 3 x 0 e mais três pontos na conta de Cuca e cia.
O primeiro gol só foi marcado no segundo tempo. Zé Antônio contra. Quando a fase não esta boa, nem adianta. A essa altura o Sport já estava com um a menos e as coisas ficaram mais difíceis. Pouco depois, em um contra-ataque Conca arrancou e tocou para Fred, marcar.
Daí foi só administrar. No fim, o Sport ainda teve Ciro expulso por falta violenta em Kieza e minutos depois Conca recebeu um passe de Kieza e fechou o placar.
O Sport, já rebaixado, continua com 31 pontos, enquanto que o Fluminense foi a 42 pontos, dois a menos que o Botafogo, que também venceu e manteve a distância. O Sport pega o Inter, que está na briga pelo título. Já o tricolor recebe o Vitória, no Maracanã, podendo enfim sair do Z-4, graças ao confronto direto entre Furacão e Botafogo.
Para que critica ou criticava a entrada de Cuca no comando do Fluminense, está ai a prova de que está dando certo. Não só esta conseguindo escapar da Série B, como também está na final da Sul-Americana. Podem falar o que quiser dele, mas é um técnico muito bom.

Ta ok. Agora alguém me explica o que aconteceu no Maracanã domingo? Impossível. O Flamengo era franco favorito a assumir a liderança do Campeonato Brasileiro e desperdiçou isso de uma forma inimaginável. Posso garantir que nem eu, botafoguense doente, nos meus melhores sonhos imaginava que isso poderia acontecer. Mas aconteceu.
Diante de mais de 80 mil pessoas, o rubro-negro jogou fora a liderança. Um 0 x 0 frustante para a torcida, que ficou a semana toda preocupada com o jogo do Fogão e se esqueceu de lembrar aos jogadores do Flamengo que eles também tinham que fazer a parte deles.
O Goiás foi consistente atrás. E quando errava, esbarrava na competência do experiente Harley, que jogou muito bem. O Flamengo também contou com um Adriano e Petkovic sem inspiração, e o time ficou sem saber o que fazer.
Duvido que o São Paulo dê outra chance como essa para outro time assumir a liderança. E outra, o tricolor paulista mostrou que para ganhar um campeonato também tem que contar com a sorte. E que sorte!
Mas de toda maneira, a diferença caiu para 1 ponto. Se na próxima rodada o Flamengo perder para o Corinthians, o São Paulo ganhar do Goiás e o Inter e Palmeiras não ganharem seus jogos, o título cai no colo do São Paulo. Os jogadores do Flamengo falam que vão lutar para ganhar e pedem o apoio da torcida. Será mesmo que a torcida lotando será a melhor forma de apoiar? Pelo menos a história recente de confrontos mostra que não.

Saudações alvinegras a todoos ;*

Santos, Santo André e Inter vencem


O Santos recebeu no domingo o Coritiba e conseguiu fazer um placar, se não surpreedente, animador para esse final de campeonato. 4 x 0 no Coxa, deixando o time paranaense em uma situação novamente delicada.
O Peixe começou mandando no jogo, e o só não conseguiu marcar graças a sorte do Coxa e ao goleiro Vanderlei. Só que aos 22 minutos não teve jeito Madson marcou o primeiro para a alegria da torcida santista. O Coritiba não teve tempo nem de reação, pois aos 25 minutos Kléber Pereira marca o segundo, depois de um belo passe de Madson.
O mais impressionante é que o time paranaense nem esboçava alguma reação, parecia conformado. Nei Franco até tentou mudar o esquema, mas o Santos continuava bem melhor em campo. E aos 19 minutos do segundo tempo Neymar ampliou. 3 x 0.
Para pior a situação do Coxa, logo depois do terceiro gol o juiz marca um pênalti em cima de Neymar, que Kléber Pereira desperdiçou. O Santos era só ataque e no finzinho, o garoto do jogo, Neymar fechou o placar com um golaço.
Ao Santos serve o estímulo de acabar bem o campeonato, já que as possibilidades de rebaixamento são quase nulas. E o time comandado pelo técnico Nei Franco, sinceramente não sei se escapa. Tem dois jogos decisivos e difíceis pela frente. Mas nada de prever, esse campeonato está realmente muito doido.

O Santo André recebeu o time do Avaí e conseguiu uma bela vitória por 4 x 2 e ainda que com chances de se livrar do rebaixamento, não contou com a sorte, e as chances são mínimas. Já o Avaí não tem mais chances de ir a Libertadores e perdeu depois de vários resultados inportantíssimos. Mas valeu pelo ano!
O primeiro gol saiu dos pés da pessoa que aceitou a incubência de guiar o Santo André: Marcelinho Carioca, que com sua categoria marcou o gol de pênalti. O Avaí saiu e deixou muitos espaços para contra-ataques e o time paulista aproveitou. No início do segundo tempo Wanderley ampliou. 2 x 0. Depois Muriqui entrou e descontou para o time de Santa Catarina. 2 x 1.
O jogo ganhou contornos emocionantes. Aos 21 minutos do segundo tempo Camilo fez o terceiro para o time da casa. O Avaí não demorou muito e descontou de novo. Aos 29, Marquinhos descotou. 3 x 2! O time do técnico Silas, foi com tudo no final, mas não conseguiu empatar e ainda levou o quarto gol. Depois de um contra-ataque mortal, Camilo de novo fez e fechou o placar.
Com isso, o Avaí fica com 53 pontos e tenta a classificação para a Sul-Americana. Já o Santo André vai aos 38 pontos, 6 pontos atrás de Botafogo, Coritiba e Atlético-PR e torce por uma combinação de resultados para tentar sair da zona de rebaixamento. É difícil? Dimais.

Um Mineirão mais uma vez com um bom público. Mais de 40 mil pessoas foram torcer para o Galo superar o Internacional e continuar vivo na briga pelo título. Porém o que se viu foi um time apático, que tentava muito, mas esbarrava em deficiências que já não acredito que serão acertadas ainda este ano.
Resultado: Galo 0 x 1 Inter. E olha que o time gaúcho marcou aos 15 minutos do primeiro tempo com Guiuliano, que se revela um grande jogador. O Galo teve pelo menos mais 75 minutos para empatar e/ou virar só que não conseguiu.
Saiu vaiado pela torcida mineira, que ainda acreditava no time. Mas a verdade é que o Atlético-MG não se recuperou da derrota sofrida para o Flamengo, depois daquela partida o time não consegue mais se organizar em campo. E outra, Diego Tardelli, principal nome do time, também está tendo que voltar muito para organizar jogadas e a sua principal função foi posta de lado e entregue para Éder Luis, que não tem a sua qualidade de chute.
Já o Inter emplacou uma sequencia boa de três vitórias e segue vivo na busca pelo título, beneficiado pelos resultados de Palmeiras, São Paulo e Flamengo, que tropeçaram. Será bem interessante observar os próximos jogos do Inter, contra Sport e Santo André. São jogos teoricamente fáceis, vamos ver se o colorado não decepcione e consiga essas vitórias.

Saudações alvinegras a todoos ;*

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Timbu e Vitória vencem, Cruzeiro empata


O Náutico, de uma certa forma, continua vivo na briga contra o rebaixamento. Dessa vez ganhou do Corinthians no Pacaembu, que até tentou, mas não conseguiu evitar a derrota.
No primeiro tempo, o Corinthians até que atacou mais, porém não teve a competência de colocar a bola pra dentro. O Náutico jogava no erro do Timão e nos contra-ataques. Até que no final do primeiro tempo, Bruno Mineiro conseguiu fazer o gol do Timbu.
O Timão voltou bem postado em campo para o segundo tempo e logo fez o gol com Ronaldo, que depois colocou uma bola na trave. Para piorar a situação do Náutico, o corinthians chegou ao segundo gol com Elias em uma jogada ensaiada com Ronaldo, que teve uma bela participação.
O Náutico com um a menos só se defendia, e o Corinthians perdia chances incríveis. E num outro contra-ataque aos 40 minutos Carlinhos Bala fez o gol de empate. E a virada veio em um lance polêmico em que houve uma falta e o bandeirinha assumiu a responsabilidade e marcou pênalti. Final Corinthians 2 x 3 Náutico.
O Corinthians, que já não aspira mais nada, enfrentará o Flamengo no Brinco de Ouro. E o Náutico continua a espera de um milagre e enfrentará o Santo André fora de casa, dependendo dos resultados dos outros jogos, os dois times podem ser rebaixados ainda na próxima rodada.

O outro jogo realizado no Sábado foi o duelo entre Atlético-PR x Cruzeiro, que empataram em 1 x 1 e claramente não gostaram do placar. Isso tudo porque o Furacão precisava como nunca do resultado, para não ver os outros times que estão lutando para não cair encostarem nele, e o Cruzeiro precisava ganhar para entrar no G-4 e salvar a temporada, depois da derrota para o Estudiantes na final da Libertadores no Mineirão.
O primeiro tempo foi brigado e trancado. Os dois times atacavam e defendiam bem, e nas oportunidades que tinham de abrir o placar, desperdiçavam. Por isso a primeira etapa terminou em um 0 x 0 e os dois times foram para o vestiário sabendo que qualquer lance iria determinar o resultado da partida.
No segundo tempo, o jogo continuou brigado e com poucas oportunidades. Até que Marcinho conseguiu furar o bloqueio celeste e fazer 1 x 0 para os donos da casa. O Cruzeiro teve que ir para cima e empatou o jogo nos acrécimos com um gol de cabeça de Leonardo Silva e fechou o placar.
Na próxima rodada o Cruzeiro busca a reabilitação em casa contra o Coritiba, que também luta para não cair. Já o Furacão recebe o Botafogo para tentar a vitória. Que Deus ilumine nosso Fogão para que ele possa fazer uma boa partida e ganhar do Atlético. Seria muito bom!

No jogo realizado já no domingo, o Vitória venceu em casa o Barueri por 2 x 1 e acabou com uma longa série de resultados negativos e acabou de vez com qualquer chance de rebaixamento. Se tivesse perdido essa partida ficaria com os mesmos 44 pontos de Botafogo, Coritiba e Atlético-PR, e se embolaria na briga.
Começou o segundo tempo e o Vitória foi logo abrindo 2 x 0 e encaminhando mais três pontos. O primeiro gol foi marcado por Leandro Domingues e o segundo pelo artilheiro rubro-negro Roger. Com a expulsão de Otacílio Neto, restou ao time ir levando o jogo para o fim.
Até que no finzinho o atacante Val Baiano, sempre ele, fez o gol de honra do time paulista, que briga agora por uma vaga na Sul-Americana, juntamente com o Vitória.

Saudações alvinegras a todoos ;*

domingo, 22 de novembro de 2009

Parabéns Ceará, Guarani e Atlético-GO


O G-4 da Série B está decidido, ao contrário da Série A. Vasco, Ceará, Guarani e Atlético-GO são os contemplados a voltar a elite do futebol brasileiro. Isso tudo com uma rodada de antecedência, tirando o Vasco claro, que já havia feito a sua parte.
O Guarani foi o único dos três que hoje classificaram que não ganhou. Perdeu para o Bahia por 2 x 0, mas mesmo assim comemorou a classificação merecida. Depois de um início de ano drástico, com o time caindo para a Série B do Campeonato Paulista, a diretoria reformulou o time e conseguiu a façanha de ficar na cola do Vasco por várias rodadas, tomando a liderança por muitas rodadas. Parabéns ao Guarani, agora é se manter na elite.
O Atlético-GO venceu fora de casa o Juventude por 3 x 1 e também foi contemplado com a volta a Série A, depois de 27 anos. Um time ainda bem inseguro, mas conseguiu ser regular o que ajudou e muito nesta caminhada. Minhas reverências ao time.
Agora o Vovô, ou seja, Ceará. Como eu fiquei feliz com a volta por cima deste time, que lutou muito e conseguiu o que queria e precisava a muito tempo. Depois de anos sem disputar competições importantes, voltou a elite. Fiquei realmente comovida e torcendo para a reestruturação de mais um time importante do Brasil. Parabéns Vovô, seja bem vindo de volta!
Campinense x ABC, fizeram o jogo dos dois primeiros times a serem rebaixados. O Campinense fez valer o mando de campo e ganhou por 3 x 1, deixando o ABC na lanterna e pelo menos acabando com vitória o ano em seu estádio. Que os dois se estruturem melhor e possam voltar a Série B.
O Fortaleza perdeu em casa para o São Caetano, de virada e deu adeus a qualquer tipo de esperança de permanecer na segundona. Placar final 2 x 1 para o Azulão e tristeza dos torcedores do Fortaleza. Ao time da casa, nada como um dia após o outro, lembre-se disso.
O que vai restar para a última rodada é a briga para escapar da última vaga para a Série C. E será intensa. Juventude, Ipatinga, América-RN e Brasiliense. Todos ainda com chances reais de cair. O Juventude, como já disse, perdeu para o Atlético-GO em casa e continuou com 44 pontos. O Ipatinga perdeu justamente para o América-RN ficando com 45 pontos, o mesmo número de pontos do América. E o Brasiliense ganhou do Bragantino por 2 x 1 fora de casa e também chegou aos 45 pontos.
Essa briga promete muito. Os próximos jogos serão Ipatinga x Vasco, Guarani x Juventude, Ceará x América-RN e Brasiliense x Vila Nova. Teoricamente o Brasiliense tem mais chances de escapar, pelo confronto, porém nada é impossível neste louco campeonato. Todos ainda tem chances de cair e dessa vez fico neutra.
O Vila Nova enfrentou o Paraná sem nada temer e empatou em casa por 2 x 2. O Figueirense conseguiu perder em casa para o Duque de Caxias por 2 x 1, e foi o que fez com que o time não tivesse mais chances de subir. E a Portuguesa carimbou a faixa de campeão do Vasco ganhando no Maracanã por 1 x 0, só que não conseguiu subir por problemas internos e falta de regularidade em um campeonato tão longo. Vale apostar um pouco mais para 2010.
Semana que vem a última rodada será disputada e saberemos o último time a entrar no Z-4. Boa sorte a todos eles, e que caia o que mais merecer!

Saudações alinegras a todoos ;*

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Milagre tricolor e decepção paulista


Olha, estou diante de um verdadeiro milagre. O Fluminense renasceu das cinzas tanto no Brasileirão quanto na Sul-Americana. Um começo tímido para cima do Flamengo e agora já está na final contra a LDU! Outra ironia, o ano passado o time também fazia uma final contra a LDU, porém da Libertadores.
Tudo bem, o time do Cerro não é nem de longe um time bom, mas o Flu conseguiu fazer o papel dele e ganhou os dois jogos( é triste pensar que o Botafogo conseguiu perder para esse timinho ). No jogo desta quarta-feira, ganhou por 2 x 1 de virada no Maracanã e carimbou vaga para a final, como favorito sim, é mais time que a LDU, que passeou sobre o River Plate-URU, ganhando por 7 x 0. Mas dessa vez a torcida espera que esse favoritismo todo seja confirmado em campo.
A nota triste deste jogo foi o comportamento dos jogadores do Cerro no finzinho. Será que eles pensaram que agredir algumas pessoas do tricolor carioca iria ajudar a reverter o placar? Porque sinceramente se não conseguem perder, não entendo o que fazem inscritos como time profissional. É lamentavel que ainda hoje isso aconteça. Ao Fluminense resta a luta pra não cair e agora a final da Sul-Americana. Será que o milagre será tão grande assim? Vamos acompanhar os próximos capítulos.

Me perguntaram ontem "e o Palmeiras Julinha?". Fiquei em silêncio. Não dá pra entender mesmo esse time do verdão. Era o time a ser batido e se transformou, juntamente com Goiás e Atlético-MG, o "cavalinho paraguaio" do campeonato. Impressionante.
O jogo de quarta-feira, válido pela 36ª rodada do Brasileirão, apresentou um Grêmio x Palmeiras, no Olímpico. O Grêmio com a incubência de manter o posto de melhor mandante, e o Palmeiras ainda sonhando com o título.
Com um primeiro tempo equilibrado, o Grêmio abriu o placar na última jogada da primeira etapa. Com o intervalo achei que o Palmeiras iria voltar mais equilibrado e pelo menos tentar empatar o jogo, o que até ali não era nada impossível. Porém eis que aparecem os personagens principais do jogo: Obina e Maurício. Os dois começaram a discutir asperamente e se agrediram em campo. Resultado? Os dois expulsos tanto do jogo, como posteriormente do clube.
Um time que estava brigando ainda para ser campeão não pode deixar que os jogadores se descontrolem dessa maneira. É realmente inaceitável isso. Sem contar que o Palmeiras com dois a menos não conseguiu reagir e ainda tomou o segundo gol. Placar final Grêmio 2 x 0 no Palmeiras.
Título? Duvido muito. Libertadores? Terá que deixar essa crise de lado e tentar pensar nestes dois jogos que restam. Ao Grêmio resta acabar o campeonato com dignidade, já que não conseguiu algo melhor porque não conseguiu se impor fora de casa.
A rodada se completará neste final de semana e tentarei atualizar aqui. Ao meu Fogão desejo força e determinação para ganhar do São Paulo. Vamos com tudo para cima deles, não podemos mais pensar em empatar e muito menos perder. É ganhar ou ganhar. E nada de pensar no Flamengo. Deixem eles de lado. O que importa é permanecer na elite do futebol e, depois que isso acontecer, secaremos um pouquinho o lado de lá.

Saudações alvinegras a todoos ;*

A Copa agora está completa


Portugal finalmente conseguiu ir à Copa. Bateu a Bósnia de novo pelo mesmo placar de 1 x 0, confirmando assim a sua vaga. No primeiro jogo, Portugal também havia batido a Bósnia só que em casa.
O jogo ficou dramático para a Bósnia que preciva de um resultado positivo e espetacular, em cima de um time que, apesar de não ter Cristiano Ronaldo, conseguiu se virar bem e se colocar em campo de maneira organizada. Quando Portugal, ainda no primeiro tempo fez o gol, a situação piorou e apesar de tantar muito, o time da casa não conseguiu virar o placar.
Final 1 x 0. Vaga decida a favor de Portugal. Porém, se quiser ter alguma chance de título no Mundial da África do Sul, terá que mexer no time e acerta-lo principalmente no que diz respeito ao quesito defesa. A Bósnia não era um time muito tradicional e conseguiu assusta-los tanto em casa quanto jogando em Portugal. Vamos ver se consegue arrumar isso em mais ou menos sete meses.

Bom e a França? Teve a ajuda da "mão divina" de Henry. Classificou? Sim. Com méritos? Duvido. Claro que o jogo inteiro a França atacou mais, teve mais posse de bola, mas como todo mundo sabe isso não ganha jogo.
E foi isso que aconteceu, o time francês deu bobeira na defesa e a Irlanda fez 1 x 0 ainda no primeiro tempo, e descontando o 1 x 0 que tomou da França em casa. Com a torcida francesa acreditando e cantando, o time foi para cima mais não conseguia furar um bloqueio bem armado pelo treinador irlandês.
Com o fim do jogo, e persistindo esse placar, os dois times foram disputar a prorrogação. E foi ai que a "maozinha" ajudou. Em uma jogada em que claramente Henry da um passe de mão para Gallas fazer o gol, o juiz da partida, não viu(eu espero) isso e validou o gol. A seleção irlandesa até pressionou mais não conseguiu reverter o placar na prorrogação.
A Fifa não irá anular o jogo, uma pena, porque a Irlanda mercia isso pelo futebol apresentado diante da França. Porém já está feito. A França se classificou para mais uma Copa do mundo e de uma forma nada legal. Disputar o título? Não posso desconsiderar pela história, porém acho muito difícil.
Os outros resultados foram Uruguai 1 x 1 Costa Rica, com o Uruguai classificando porque na primeira partida tinha ganhado por 1 x 0. A Eslovênia classificou em cima da Rússia, ganhado por 1 x 0. A Grécia também se classificou ao ganhar da Ucrânia por 1 x 0. E a Argélia também se classificou ao bater o Egito pelo mesmo placar, 1 x 0.
Agora está decidido as seleções que vão para a Copa. Serão: Brasil, Chile, Paraguai, Argentina, Uruguai, Estados Unidos, México, Honduras, Holanda,Inglaterra, Espanha, Alemanha, Dinamarca, Sérvia, Itália,Suiça, Eslováquia, Grécia, Eslovênia, Portugal, França, África do Sul, Gana, Costa do Marfim, Nigéria, Camarões, Argélia, Austrália, Japão, Coréia do Sul, Coréia do Norte e Nova Zelândia. É só aguardar mais sete meses para ver quem ganhará o posto de melhor seleção mundial. E é claro que ficaremos todos na torcida pelo Brasil.

Saudações alvinegras a todoos ;*

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Novamente Nilmar


Hoje a Seleção Brasileira fez seu último jogo do ano contra a Seleção de Omã e venceu por 2 x 0. Proximo jogo marcado será disputado somente dia 03 de Março do ano que vem, mas sem local e adversários marcados.
O jogo de hoje foi mais um teste para o treinador brasileiro. E valeu muito. Alguns jogadores mostraram que tem qualidade e personalidade necessária para estar em um Copa do Mundo.
O Brasil controlou a partida inteira, mas a Seleção anfitriã mostrou também suas qualidades, assustando em várias chegadas. Mas logo no primeiro ataque efetivo da seleção o nosso camisa 11 mostrou que estava mais uma vez posicionado muito bem. Isso mesmo Nilmar aproveitou o rebote de um chute do Luis Fabiano em cima do goleiro e fez o primeiro gol.
O segundo gol foi no segundo tempo. O lateral-esquerdo Michel Bastos levantou a bola procurando o Hulk na frente, só que o zagueiro de Omã não percebeu que o goleiro havia saido e cabeceou a bola pra dentro do gol. 2 x 0. Mais uma vitória para fechar 2009 bem.
Depois desses dois amistosos deu para ter uma ideia do time que teremos o ano que vem disputando a Copa. Mas não totalmente. A nossa dúvida sobre a lateral-esquerda, que não havia rendido tanto nos últimos jogos com o André Santos, foi ocupada por um garoto de qualidade. O Michel Bastos mostrou personalidade e fez mais jogadas na lateral que o André na passagem dele todinha.
Agora os estreiantes Hulk e Carlos Eduardo, até foram bem sim, porém não acredito que sejam convocados mais para essa Copa. Porém em 2014 se continuarem atuando bem serão chamados.
Abrirei um parênteses de novo para o Nilmar. Ele mais uma vez foi o melhor jogador em campo pra mim(já que deram esse título para o Kaká), é um jogador que sabe se posicionar bem e além de tudo tem uma velocidade impressionate. Os contra-ataques com ele sempre levaram perigo. O Robinho que se cuide. Pode ser que o Dunga, com a volta do Robinho, volte com o Nilmar para o banco, já que o Robinho tem mais história, mas isso seria uma corvardia. O jogador do Villareal está arrebentado e merece continuar como titular.
Agora sobre a fase do Luis Fabiano. É claro que ele não iria continuar fazendo gols adoidado até a Copa do Mundo. Ninguém quer isso, mas o melhor é não pressiona-lo, vamos lembrar do que ele já fez pra gente. E enquanto o Nilmar continuar ajudando, ele poderá conter suas forças para a Copa do Mundo. Agora no ataque está sobrando ainda uma vaga. Ronaldo? Sinceramente não sei. Mas seria uma boa. Está voltando aos poucos e bem, e já disse o quanto queria voltar a defender a Seleção e o Adriano já mostrou que sua fase boa está somente no Flamengo, porque na seleção ele deixou muito a desejar!
Torcer sempre para que a Seleção tenha a mesma consistência de 2009 o ano que vem. Que venha o Hexa que todos desejam.

Saudações alvinegras a todoos ;*

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

O inacreditável aconteceu


O Botafogo? Não entrou em campo ontem. Prefiro assim acreditar. O time carioca fez o inacreditável de perder para o Barueri lá na Arena Barueri jogando com apenas um jogador, Jefferson. Os outros jogadores ficaram como figurantes em campo, inacreditável.
O jogo começou e logo já víamos que iríamos levar sufoco do time paulista, mais do que normal já que eles estavam em casa. O que não foi normal foram alguns jogadores se entregarem tão fácil à marcação feita pelo Barueri.
Com isso, o time do interior paulista tratou de fazer a festa, quer dizer um atacante apenas, Val Baiano, que estava afastado desde o jogo contra o Flamengo. Ok, o primeiro gol ele dominou a bola com a mão. Mas estava sem nenhuma marcação, não sou de ficar falando mal do Juninho, mas ontem ele nada fez.
Os outros dois gols foram totalmete regulares. Apesar do Fogão ter conseguido ficar com a posse de bola, não conseguiu transformar isso em perigo de gol. Resultado: no segundo tempo mais dois gols de Val Baiano, para fechar o placar.
Com esse resultado, o Botafogo fica com 41 pontos, e o Barueri vai aos 48, livre de qualquer possibilidade de rebaixamento.
Não gosto de ser pessimista não, mas agora teremos o embalado São Paulo no Engenhão, e teremos que mostrar que o "fator casa" foi recuperado. Mas como disse o Juninho saindo de campo ontem, teremos que melhorar em tudo, isso mesmo em tudo. E para piorar a nossa situação, o Fluminense resolveu ganhar tudo e encostar na gente, a apenas dois pontos agora. A situação está ficando tensa.
Apesar dessa partida ter sido ridícula em termos táticos, acredito que não estávamos mesmo em um dia muito feliz, nada que tentávamos em campo dava certo. Acontece. E temos que apoiar sempre, já que ainda dependemos apenas de nossas próprias forças para permanecer na primeirona.
Vamos apoiar nosso time até a última rodada, mesmo que esse não seja o nosso time perfeito, que não tenhamos um Túlio Maravilha, Garrincha, Nílton Santos e outro craques mais que não cansamos de lembrar. Serei Botafoguense mesmo que tudo vá contra o time, porque é assim que meu coração grita e pede.
Ganhar do tricolor paulista é difícil? Sim. Mas temos que fazer de tudo pra que isso aconteça. Queremos que esse time dê raça e mostre pelo menos que quer tirar a gente dessa situação. Só isso! Teremos três finais pela frente, São Paulo, Atlético-PR e Palmeiras. Ganhando as duas primeiras e empatando a última acho que dá para continuar. Esse time consegue? Basta querer, vide jogo contra Náutico, Inter e Coxa.
Estarei roendo as unhas, rezando e pedido para que todos os nossos craques mandem energias positivas para que esse time consiga não estragar de vez um ano que começou até bem. Que falta do Mago!

Saudações alvinegras a todoos ;*

Inter e Goiás enfim desencantam


No Beira-Rio, houve o confronto entre Inter x Santos, valendo para o Inter a briga para entrar no G-4, já que título seria praticamente impossível. Para o Santos, valia a confirmação na Série A.
O Inter se impôs em casa e finalmente conquistou os três pontos vencendo o peixe por 3 x 1. O primeiro gol do Inter foi marcado por Danilo Silva, depois de uma corrida mostrando que o preparo físico estava ótimo. O colorado empolgado logo marcou o segundo com Marquinhos, menino ainda e muito bom.
Com o jogo nas mãos, o Inter diminuiu o ritmo e o Santos foi pra cima. Tanto que no segundo tempo Neymar diminuiu de cabeça. 2 x 1. O Inter continuou cadenciando o jogo e por incrível que pareça dessa vez deu certo. D´Alessandro no finalzinho fez um belo gol de fora da área e confirmou os três pontos para os gaúchos.

E o Goiás hein? Até que enfim ganhou uma depois de uma crise, desde a derrota para o Botafogo. 3 x 1 contra o Santo André, que agora fica na mesma situação do Náutico, precisando de um milagre.
O Santo André bem que tentou, fazendo um gol logo no início do jogo com Marcelinho Carioca, que ainda sabe bater muito bem na bola. Só que o time não soube administrar o placar e em dois lances muito parecidos levou a virada.
Os dois primeiros gols do Goiás saíram da pessoa que chegou para levar o time a liderança, Fernandão. Dois de cabeça na segunda trave. Parece que o Santo André não viu lances do atleta, que aproveitou muito bem e virou no segundo tempo.
Com a partida nas mãos e jogando em casa contra um time que dependia muito ainda de Marcelinho Carioca, o Goiás ainda ampliou com Iarley. Mas fora isso, foi só levar a partida até o apito final, para acabar com o jejum de vitórias.
Ao Goiás resta acabar o campeonato bem colocado, depois de um final arrazador de primeiro turno, chegando a estar na vice-liderança. Já o Santo André, resta torcer por um milagre juntamente com o Náutico, só acho muito difícil algum dos dois conseguiu o que o Fluminense está conseguindo.

Saudações alvinegras a todoos ;*

Avaí, Flamengo e Fluminense arrancam


Ontem, no complemento da 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Avaí derrotou o Corithians por 3 x 1 em Florianópolis e segue sonhando com uma vaga no G-4, que vamos considerar não é nada de anormal, já que o time está a 3 pontos dele e os times que estão brigando lá em cima estão tropeçando constantemente.
O primeiro gol do time de Florianópolis foi marcado logo em um pênalti em cima de Willian, que cobrou e não deperdiçou. Porém o Corinthians logo empatou em um gol contra de Marquinhos após um escanteio cobrado pelo Argentino Defederico.
O prórpio Wllian fez o segundo gol aos 28 do primeiro tempo, aumentando o placar. Só que, nos acrécimos do primeiro tempo, Balbuena foi expulso e o Corinthians ficou com um a menos, o que facilitou um pouco a vida do Avaí. O terceiro gol foi marcado por Léo Gago, que fechou o placar e colocou o Avaí ainda com chances de Libertadores.

Já o Flamengo fez a situação do Náutico ficar pior do que já estava. Ganhou lá nos Aflitos e deixou o time com os mesmos 35 pontos, enquanto que o time rubro-negro pulou para 60 pontos, a dois do São Paulo.
O Náutico foi melhor o jogo inteiro, mas esbarrou numa falha muito grande, a falta de pontaria e o nervosismo de ganhar logo. O Flamengo sabendo disso aproveitou os dois contra-ataques que teve no jogo inteiro. O primeiro gol rubro-negro saiu com o incansável Petkovic, que escorou para dentro a bola, covenhamos por pura sorte.
O Timbu tentou muito, foi pra cima, mas quando não errava o gol, esbarrava em uma tarde inspirada de Bruno. E foi num outro contra-ataque Zé Roberto cruzou para Adriano fechar o placar logo no primeiro tempo. O Náutico até que tentou o segundo tempo todo, mas o nervosismo acabou atrapalhando muito e o time não conseguiu reagir.
Com esse resultado o time carioca pula para a vice-liderança, contando com um tropeço do São Paulo para tomar a ponta da tabela. E o Náutico? Espera agora um milagre.

O outro carioca que se deu muito bem na rodada foi o Fluminense, que conseguiu um resultado positivo no Maracanã, em cima do Atlético-PR e ficou a apenas dois pontos do Botafogo. Já o Atlético-PR, ainda continua ameaçado de rebaixamento, a apenas dois pontos a frente do Botafogo, e ainda tem um confronto direito com ele na penultima rodada.
No primeiro tempo só deu o tricolor carioca, o Atlético parecia que entrou para tentar segurar o empate, só que Fred, sempre ele, conseguiu marcar e fazer 1 x 0 para o Flu, que não conseguiu ampliar graças ao goleiro Glédson.
Só que no segundo tempo, o lance que descidiu a partida veio dos pés do Conca, que deu um belo passe para Maicon ampliar. 2 x 0. O Atlético até que diminuiu aos 38 do segundo tempo com Marcelo, porém não deu mais tempo de fazer outro gol. Final 2 x 1 para o Flu e o milagre se concretizando.

Saudações alvinegras a todoos ;*